Bate-papo na Livraria Cultura é nesta sexta! Da Redação Livraria Cultura Sem sombra de dúvida as histórias de vida de Heliana Hemetério, Andréia Vitor e Ivanete Xavier são diferentes. Mas as vivências das três se encontram neste espaço de luta por direitos que é o feminismo negro. Ou seria melhor falar em feminismos negros? É sobre […]

VER TAMBÉM:
TAGS:

#Feminismo

   

#FeminismoNegro

   

Bate-papo na Livraria Cultura é nesta sexta!

Da Redação Livraria Cultura

Sem sombra de dúvida as histórias de vida de Heliana Hemetério, Andréia Vitor e Ivanete Xavier são diferentes. Mas as vivências das três se encontram neste espaço de luta por direitos que é o feminismo negro. Ou seria melhor falar em feminismos negros? É sobre isto que elas irão conversar, nesta sexta-feira (20), a partir das 19h30, na Livraria Cultura do Shopping Curitiba. O bate-papo é gratuito e aberto a todos os interessados no debate.

 

Aos 66 anos de idade, a historiadora Heliana Hemetério integra o movimento negro desde a década de 1980. É vice-presidenta da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos e articuladora da Rede Nacional de Lésbicas Negras – posições institucionais que a incluem nos debates nacionais de defesa dos direitos das minorias e contra a discriminação racial.

 

A advogada Andreia Vitor é presidente da Comissão de Igualdade Racial da seção estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR) e membra da Associação dos Advogados Trabalhistas do Paraná. Há poucos dias, em audiência pública na Câmara Municipal de Curitiba, ela criticou o fato da cidade não ter planejamento de políticas afirmativas, “até para a salvaguarda e defesa da cultura negra e combate à intolerância religiosa que vem acontecendo”.

 

Titular da cadeira da Rede de Mulheres Negras no Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Ivanete Xavier concilia sua atividade profissional, como servidora pública na UFPR (Universidade Federal do Paraná), com sua militância social. Ela integra a Rede Mulheres Negras Evangélicas no Brasil e o Movimento Negro Evangélico no Paraná. Das três, é a que mais buscou participar da vida pública pela via eleitoral, tendo disputado as últimas eleições realizadas no Paraná.

 

Que lugar é esse em que Heliana, Andreia e Ivanete se encontram? O que esperar do feminismo negro neste momento contencioso da história do Brasil? Para saber, só participando do bate-papo. Basta localizar o Teatro Eva Herz, dentro da livraria, e escolher um assento. Este é o sexto encontro promovido neste ano pela Escola da Política, dentro do ciclo de debates Pensando Com Mulheres.

 

No ano passado, em parceria com a UFPR e com o Instituto Federal do Paraná, a Escola da Política realizou palestras sobre a história do Feminismo para 700 pessoas interessadas. Ao longo do ano, mais 300 participaram de debates realizados nas cidades de Curitiba e do Rio de Janeiro. A Escola da Política é composta por 70 mulheres e fará debates mensais na Livraria Cultura durante 2019. Para acompanhar, basta seguir a Escola da Política no Facebook (@escoladapolitica).

 

Serviço:

Bate-papo Feminismo Negro, com Heliana Hemetério, Andréia Vitor e Ivanete Xavier

Quando: 23 de agosto (sexta-feira), das 19h30 às 21h30

Onde: Livraria Cultura (Shopping Curitiba), no Teatro Eva Herz

Entrada gratuita, sujeita à lotação (97 lugares, sendo 2 para cadeirantes)

Bate-papo na Livraria Cultura é nesta sexta! Da Redação Livraria Cultura Sem sombra de dúvida as histórias de vida de Heliana Hemetério, Andréia Vitor e Ivanete Xavier são diferentes. Mas as vivências das três se encontram neste espaço de luta por direitos que é o feminismo negro. Ou seria melhor falar em feminismos negros? É sobre […]

Bate-papo na Livraria Cultura é nesta sexta!

Da Redação Livraria Cultura

Sem sombra de dúvida as histórias de vida de Heliana Hemetério, Andréia Vitor e Ivanete Xavier são diferentes. Mas as vivências das três se encontram neste espaço de luta por direitos que é o feminismo negro. Ou seria melhor falar em feminismos negros? É sobre isto que elas irão conversar, nesta sexta-feira (20), a partir das 19h30, na Livraria Cultura do Shopping Curitiba. O bate-papo é gratuito e aberto a todos os interessados no debate.

 

Aos 66 anos de idade, a historiadora Heliana Hemetério integra o movimento negro desde a década de 1980. É vice-presidenta da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos e articuladora da Rede Nacional de Lésbicas Negras – posições institucionais que a incluem nos debates nacionais de defesa dos direitos das minorias e contra a discriminação racial.

 

A advogada Andreia Vitor é presidente da Comissão de Igualdade Racial da seção estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR) e membra da Associação dos Advogados Trabalhistas do Paraná. Há poucos dias, em audiência pública na Câmara Municipal de Curitiba, ela criticou o fato da cidade não ter planejamento de políticas afirmativas, “até para a salvaguarda e defesa da cultura negra e combate à intolerância religiosa que vem acontecendo”.

 

Titular da cadeira da Rede de Mulheres Negras no Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Ivanete Xavier concilia sua atividade profissional, como servidora pública na UFPR (Universidade Federal do Paraná), com sua militância social. Ela integra a Rede Mulheres Negras Evangélicas no Brasil e o Movimento Negro Evangélico no Paraná. Das três, é a que mais buscou participar da vida pública pela via eleitoral, tendo disputado as últimas eleições realizadas no Paraná.

 

Que lugar é esse em que Heliana, Andreia e Ivanete se encontram? O que esperar do feminismo negro neste momento contencioso da história do Brasil? Para saber, só participando do bate-papo. Basta localizar o Teatro Eva Herz, dentro da livraria, e escolher um assento. Este é o sexto encontro promovido neste ano pela Escola da Política, dentro do ciclo de debates Pensando Com Mulheres.

 

No ano passado, em parceria com a UFPR e com o Instituto Federal do Paraná, a Escola da Política realizou palestras sobre a história do Feminismo para 700 pessoas interessadas. Ao longo do ano, mais 300 participaram de debates realizados nas cidades de Curitiba e do Rio de Janeiro. A Escola da Política é composta por 70 mulheres e fará debates mensais na Livraria Cultura durante 2019. Para acompanhar, basta seguir a Escola da Política no Facebook (@escoladapolitica).

 

Serviço:

Bate-papo Feminismo Negro, com Heliana Hemetério, Andréia Vitor e Ivanete Xavier

Quando: 23 de agosto (sexta-feira), das 19h30 às 21h30

Onde: Livraria Cultura (Shopping Curitiba), no Teatro Eva Herz

Entrada gratuita, sujeita à lotação (97 lugares, sendo 2 para cadeirantes)

VER TAMBÉM:

TAGS:

#Feminismo

   

#FeminismoNegro