Nos dias 02, 03 e 04 de fevereiro de 2018 ocorreu a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado do Paraná. Com o tema “O Brasil na década dos afrodescendentes: reconhecimento, justiça, desenvolvimento e igualdade de direitos”, contou com aproximadamente 250 delegadas e delegados eleitas (os) nas Conferências Municipais realizadas em mais de 21 […]

VER TAMBÉM:
TAGS:

Nos dias 02, 03 e 04 de fevereiro de 2018 ocorreu a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado do Paraná. Com o tema “O Brasil na década dos afrodescendentes: reconhecimento, justiça, desenvolvimento e igualdade de direitos”, contou com aproximadamente 250 delegadas e delegados eleitas (os) nas Conferências Municipais realizadas em mais de 21 munícipios do Estado.

Na Conferência foi lançado o Plano Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado do Paraná criado pelo CONSEPIR – Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial, para ser implementado das diversas secretarias do Governo do Estado.

Outra importante tarefa da Conferência foi a criação ou alteração de propostas de políticas públicas de nível Estadual e Federal. As propostas de âmbito federal serão apresentadas e discutidas nos dias 27 e 30 de maio de 2018, data na qual acontecerá em Brasília a IV Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – CONAPIR.

No evento também houve a eleição das entidades habilitadas para compor as cadeiras de conselheiras pela sociedade civil e o resultado ficou respectivamente: Rede Mulheres Negras PR, Grupo Afro Vida, União Cigana do Brasil, Conselho Regional de Psicologia, Instituto Sorriso Negro, Inates – Instituto Nacional de Tecnologia Social, Dom da Terra, Centro Humaitá, Associação Negritude de Promoção da Igualdade Racial – ANPIR, CONIPA – Comunidade Nigeriana do Estado do Paraná, App Sindicato, CUT, Instituto Internacional de Prevenção às Drogas e Comunidade Afro Brasileira.

O destaque da Rede Mulheres Negras – PR como primeira organização classificada é resultado de um intenso trabalho pelos direitos humanos e dentro das pautas específicas das mulheres negras. Sua atuação tem como objetivo dar visibilidade à luta do povo negro e tratar das questões de gênero. Ser mulher e negra exige uma luta constante, a qual deve ser integrada e atingir um grande alcance. O resultado da eleição nessa Conferência mostra que o trabalho da RMN-PR está dando ótimos frutos.

Não podemos deixar de comentar sobre a importante atuação da militante e filiada Marici Seles, como representante da RMN-PR no CONSEPIR. Marici trabalhou constantemente, sempre no embate em defesa das causas negras.

Outras militantes da Rede Mulheres Negras – PR também estiveram presentes na abertura da Conferência, como símbolo de luta para garantia de direitos.

As entidades indicarão os nomes das pessoas que as representarão posteriormente, bem como as representações governamentais.

O clima de preparação de conferências fez com que diversos municípios se organizassem para formar Conselhos Municipais de Promoção da Igualdade Racial no Estado.

A IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial – PR foi um grande encontro de lideranças da sociedade civil e representantes de governos municipais com o objetivo de dialogar sobre as políticas públicas para o enfrentamento do racismo no Estado.

Nos dias 02, 03 e 04 de fevereiro de 2018 ocorreu a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado do Paraná. Com o tema “O Brasil na década dos afrodescendentes: reconhecimento, justiça, desenvolvimento e igualdade de direitos”, contou com aproximadamente 250 delegadas e delegados eleitas (os) nas Conferências Municipais realizadas em mais de 21 […]

Nos dias 02, 03 e 04 de fevereiro de 2018 ocorreu a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado do Paraná. Com o tema “O Brasil na década dos afrodescendentes: reconhecimento, justiça, desenvolvimento e igualdade de direitos”, contou com aproximadamente 250 delegadas e delegados eleitas (os) nas Conferências Municipais realizadas em mais de 21 munícipios do Estado.

Na Conferência foi lançado o Plano Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado do Paraná criado pelo CONSEPIR – Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial, para ser implementado das diversas secretarias do Governo do Estado.

Outra importante tarefa da Conferência foi a criação ou alteração de propostas de políticas públicas de nível Estadual e Federal. As propostas de âmbito federal serão apresentadas e discutidas nos dias 27 e 30 de maio de 2018, data na qual acontecerá em Brasília a IV Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – CONAPIR.

No evento também houve a eleição das entidades habilitadas para compor as cadeiras de conselheiras pela sociedade civil e o resultado ficou respectivamente: Rede Mulheres Negras PR, Grupo Afro Vida, União Cigana do Brasil, Conselho Regional de Psicologia, Instituto Sorriso Negro, Inates – Instituto Nacional de Tecnologia Social, Dom da Terra, Centro Humaitá, Associação Negritude de Promoção da Igualdade Racial – ANPIR, CONIPA – Comunidade Nigeriana do Estado do Paraná, App Sindicato, CUT, Instituto Internacional de Prevenção às Drogas e Comunidade Afro Brasileira.

O destaque da Rede Mulheres Negras – PR como primeira organização classificada é resultado de um intenso trabalho pelos direitos humanos e dentro das pautas específicas das mulheres negras. Sua atuação tem como objetivo dar visibilidade à luta do povo negro e tratar das questões de gênero. Ser mulher e negra exige uma luta constante, a qual deve ser integrada e atingir um grande alcance. O resultado da eleição nessa Conferência mostra que o trabalho da RMN-PR está dando ótimos frutos.

Não podemos deixar de comentar sobre a importante atuação da militante e filiada Marici Seles, como representante da RMN-PR no CONSEPIR. Marici trabalhou constantemente, sempre no embate em defesa das causas negras.

Outras militantes da Rede Mulheres Negras – PR também estiveram presentes na abertura da Conferência, como símbolo de luta para garantia de direitos.

As entidades indicarão os nomes das pessoas que as representarão posteriormente, bem como as representações governamentais.

O clima de preparação de conferências fez com que diversos municípios se organizassem para formar Conselhos Municipais de Promoção da Igualdade Racial no Estado.

A IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial – PR foi um grande encontro de lideranças da sociedade civil e representantes de governos municipais com o objetivo de dialogar sobre as políticas públicas para o enfrentamento do racismo no Estado.

VER TAMBÉM:

TAGS: