No dia 27 de Julho foi realizado na sede da ANEPRO (Associação do Negros Procopenses), o II Seminário de Mulheres Negras de Cornélio Procópio, para comemorar o Dia da Mulher Negra com data festiva dia 25/07. O evento contou com a presença de estudantes de enfermagem, profissionais da saúde, povo de axé e fez parte […]

VER TAMBÉM:

No dia 27 de Julho foi realizado na sede da ANEPRO (Associação do Negros Procopenses), o II Seminário de Mulheres Negras de Cornélio Procópio, para comemorar o Dia da Mulher Negra com data festiva dia 25/07. O evento contou com a presença de estudantes de enfermagem, profissionais da saúde, povo de axé e fez parte da programação do Julho das Pretas – PR 2018.

Foram exatamente 25 pessoas entre inscritos e colaboradores do evento.

 

Em um primeiro momento, a enfermeira Valeria Tondineli explanou sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis/Ist/ Hepatites virais e em seguida uma roda de conversa sobre o assunto. O andamento da atividade foi muito relevante, pois pode-se conhecer as realidades do nosso município.

 

Na parte da tarde houve a palestra de Thais Mendes, de Curitiba, enfermeira e uma das coordenadoras da Rede Mulheres Negras – PR. Thais fez uma explanação histórica de Tereza de Benguela e sua relação ao Dia da Mulher Negra. Também enfatizando a saúde da mulher negra de uma forma ampla e bem nítida.

 

 

Houve a palavra da advogada Cibelle Oliveira, filiada da RMN-PR, de Curitiba, que também que fez sua fala nos direitos da mulher, a Lei Maria da Penha e desde quando a mulher negra é discriminada nesse contexto, abrindo um leque grande de perguntas e informações importantes e pertinentes ao assunto.

 

O evento encerrou com uma análise do que foi realizado, com o objetivo de se preparar para o próximo Seminário.

No dia 27 de Julho foi realizado na sede da ANEPRO (Associação do Negros Procopenses), o II Seminário de Mulheres Negras de Cornélio Procópio, para comemorar o Dia da Mulher Negra com data festiva dia 25/07. O evento contou com a presença de estudantes de enfermagem, profissionais da saúde, povo de axé e fez parte […]

No dia 27 de Julho foi realizado na sede da ANEPRO (Associação do Negros Procopenses), o II Seminário de Mulheres Negras de Cornélio Procópio, para comemorar o Dia da Mulher Negra com data festiva dia 25/07. O evento contou com a presença de estudantes de enfermagem, profissionais da saúde, povo de axé e fez parte da programação do Julho das Pretas – PR 2018.

Foram exatamente 25 pessoas entre inscritos e colaboradores do evento.

 

Em um primeiro momento, a enfermeira Valeria Tondineli explanou sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis/Ist/ Hepatites virais e em seguida uma roda de conversa sobre o assunto. O andamento da atividade foi muito relevante, pois pode-se conhecer as realidades do nosso município.

 

Na parte da tarde houve a palestra de Thais Mendes, de Curitiba, enfermeira e uma das coordenadoras da Rede Mulheres Negras – PR. Thais fez uma explanação histórica de Tereza de Benguela e sua relação ao Dia da Mulher Negra. Também enfatizando a saúde da mulher negra de uma forma ampla e bem nítida.

 

 

Houve a palavra da advogada Cibelle Oliveira, filiada da RMN-PR, de Curitiba, que também que fez sua fala nos direitos da mulher, a Lei Maria da Penha e desde quando a mulher negra é discriminada nesse contexto, abrindo um leque grande de perguntas e informações importantes e pertinentes ao assunto.

 

O evento encerrou com uma análise do que foi realizado, com o objetivo de se preparar para o próximo Seminário.

VER TAMBÉM: